O Fino da Bola

Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

O Fino da Bola - Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

Conspiração no futebol – Maradona e o Doping na Copa 94

Volto a falar sobre as teorias da conspiração no mundo do futebol. No último texto eu falei a respeito dos acontecimentos envolvendo a final da Copa de 98, mas desta vez quero falar sobre umas das grandes polêmicas do futebol: o doping de Maradona na Copa de 94, que o levou a ser expulso do mundial daquele ano.

1994 - maradona comemora seu único gol na copa - foto etoday

Mas será que ele realmente estava usando substâncias proibidas? Diego foi vítima de uma armação?

Vamos então aos fatos de toda essa história.

Maradona é o maior craque da história do futebol argentino, mas o habilidoso camisa 10 sempre esteve envolvido em confusões e polêmicas.

Antes do mundial de 94, Maradona estava 15 meses afastados pela FIFA por envolvimento com a máfia na Itália. Realmente as coisas não estavam fáceis para ele e todos já imaginavam um inicio de fim de carreira. Acontece que a seleção da Argentina precisava muito dele, pois estava em dificuldades para se classificar para a Copa daquele ano, então logo el pibe foi convocado para ser novamente o craque, camisa 10 e capitão da equipe, reacendendo assim as esperanças dos hermanos.

No primeiro jogo da Copa contra a Grécia, a Argentina venceu com um gol de fora da área de Maradona. No segundo jogo, com muito fôlego e garra, Diego inspirou os companheiros a vencerem a Nigéria de virada. Foi então que os problemas começaram… Pois Maradona foi pego no exame antidoping, que detectaram presença de efedrina natural e mais quatro derivados sintéticos. Essas substâncias agem sobre o sistema nervoso central e circulatório com o efeito de melhorar os reflexos, aumentar a oxigenação do sangue e diminuir a sensação da fadiga.

Maradona foi excluído da competição!

Uma vergonha para o jogador, mas ele jurava pelas suas duas filhas que não tinha jogado dopado. É ai então que se inicia toda teoria da conspiração. Maradona nunca foi amigo da FIFA, onde na Copa de 90 ele disse que a entidade controlou o resultado para fazer com que a Alemanha fosse campeã, já que a Argentina tinha eliminado a anfitriã e favorita, a Itália. O jogador inclusive rejeitou pegar na mão do presidente João Havelange na hora da entrega das medalhas.

Dizem que Maradona foi convidado para jogar o mundial dos EUA apenas para promover e divulgar a Copa e que a FIFA sabia do tratamento para ele voltar a ficar em forma, mas acontece que ele jogou mais do que esperavam, atrapalhando assim os planos do mundial. Desta forma a FIFA fez toda a trama para Maradona ser pego no antidoping.

Uma outra teoria foi escrita no livro argentino “Inocente”, escrito pelo jornalista Fernando Niembro, onde ele disse que antes da partida contra a Nigéria os jogadores foram em uma igreja em Boston. Lá receberam a hóstia, mas acontece que a de Maradona estava cheia de efedrina. No livro diz que a substância foi colocada pela CIA, já que Maradona apoiava Fidel Castro e era uma pessoa envolvida com drogas.

Diego foi de fato envergonhado nesta Copa e suspenso pela FIFA por mais quinze meses e multado em 15.400 dólares.

Maradona estava perplexo naquele ano, não acreditou no que estava acontecendo, levantando assim a suspeita de muitos sobre uma possível conspiração contra o jogador. Ao fim de tudo, ele disse: “Me cortaram as pernas, era meu último mundial e iriamos ser campeões”.

Diante desses fatos será que podemos afirmar que Maradona estava dopado naquela Copa? Ou seria tudo uma armação da FIFA  para prejudicar o jogador argentino?

Categoria: Post
  • Gustavo diz:

    As teorias do livro do Niembro são absolutamente ridículas e se o jogador utilizou de forma consciente ou não a efedrina o fato é que ela turbinou seu desempenho em campo e a exclusão foi mais do que justa.

  • Cenildo Rodrigues São Bento diz:

    Gostaria de deixar aqui a minha opinião:É claro q não podemos afirmar q ele fez uso desse tipo de substância,mas a sua trajetória depois desse episódio nos faz acreditar nessa possibilidade,quanto a jurar por suas filhas,temos exemplos recentes de pessoas fazendo esse tipo de juramento,tentando fugir de acusações de assassinato e no final…meras palavras.

    • Rafael oliveira diz:

      verdade Cenildo, Maradona não é uma pessoa que nos traga confiança com suas palavras. Infelizmente ele mesmo se prejudicou no mundo do futebol.

  • Cleber Carvalheiro diz:

    Ah, antes não, mas agora acho que td é possível no “mundo da bola”. Já tivemos relatos comprovados de manipulação de resultados, porque não fariam uma coisa dessas tb? Claro que ás vezes os atletas tomam medicamentos que contém substâncias proibidas, mas mesmo assim, eu acredito que a FIFA poderia ter manipulado o exame do Maradona, assim como tb o “baixinho” poderia ter ingerido algo com as substâncias proibidas.
    Aos poucos o futebol está deixando de ser um esporte onde o que vale é apenas a alegria, hoje o futebol é sinônimo de dinheiro. São pagas altas cifras por qualquer jogador e infelizmente há algumas pessoas que se deixam levar pelo dinheiro e são capazes de tudo para conseguir seus interesses.

  • Douglas diz:

    Kkkkk Isso deve ter sido muito ruim para o nosso amigo Maradona rsrs. Mas é muito suspeito mesmo, afirmar? Não posso afirmar nada, mas como dizem…onde há fumaça há fogo, então é muito suspeito esse lance da FIFA rsrs. Quem sabe se o Maradona fosse um pouquinho mais amigável ele sairia “limpo” dessa rsrsrs.

  • Rafael H. Taira diz:

    Bom o que eu ouvi é que a substancia detectada nele.
    Era uma substancia de um remédio pra gripe que ele tinha tomado antes do exame. Ou seja se ele tivesse ido jogar gripado teria passado no exame?

    • Rafael oliveira diz:

      esta ai mais uma das diversas perguntas feitas neste caso. Polêmico, muito polêmico.

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

*