O Fino da Bola

Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

O Fino da Bola - Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

Favoritos, zebras e o gosto por apostas on line

Publieditorial

Por Rodrigo Di Mônaco

Me lembro quando eu era criança e estava começando a me afeiçoar ao futebol, criei um espírito competitivo imenso vendo a Copa do Mundo de 1982. Eu enxergava aquilo como uma guerra entre países, bem como eu conhecia a guerra dos estudos escolares.

Poucos anos mais tarde, na adolescência, passei a conhecer os favoritos e as zebras. Era muito comum a utilização de manchetes nos jornais como: “Liverpool é favorito contra Grêmio nas casas de apostas londrinas”. E a Loteria Esportiva fez parte também do meu crescimento, com essa questão de aposta.

Estava aí formada a concepção de favoritismo. E de zebra. Assim como o rudimento estatístico escolar me mostrava que no futebol não havia lógica. Até certo ponto. Pagando 2:1 era barbada. Pagar 16:1 era zebra. E aquilo ia ficando na minha cabeça. Na maioria das vezes rolava a barbada, mas a zebra sempre esteve presente no futebol, principalmente nos dias mais atuais, onde você vê, por exemplo, um Mazembe derrotando o Internacional de Porto Alegre no Mundial Interclubes.

Foi quando, alguns anos depois, a internet trouxe a possibilidade de apostar virtualmente.

As casas de apostas virtuais viraram mania no mundo inteiro praticamente, e com um clique, você pode se divertir e apostar e rentabilizar capital – ou não – ao mesmo tempo. Você escolhe o jogo, escolhe o campeonato, e aposta! Aí fica só na expectativa. E passa torcer, além do seu time de coração, aquele time apostado. O futebol torna-se mais emocionante a cada lance.

Além do futebol, outra diversão que ficava apenas no âmbito familiar ou de amigos, como o jogo de cartas, passou a ter uma infinidade de possibilidades com diversos sites de apostas na internet, jogos casino on line, por exemplo.

Navegar por esses sites, desde que feito com responsabilidade, nos faz sentir nos melhores filmes hollywoodianos, onde a roleta é sempre a estrela principal.

O glamour dos smokings e taças de champagnes pode não ser o mesmo, mas, certamente, a emoção de quando se ganha, fica bem próxima.

Categoria: Post

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

*