O Fino da Bola

Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

O Fino da Bola - Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

Magnus Carlsen é o maior enxadrista de todos os tempos?

Há cerca de dois meses atrás fui questionado aqui no blog, qual seria o maior enxadrista de todos os tempos.

Um semi-leigo no assunto responderia facilmente: Gary Kasparov. Em um levantamento com mais argumentos, como O Fino da Bola fez, chega-se a essa conclusão, por todo histórico extenso de sua carreira.

Mas o dado que tornava praticamente indiscutível essa escolha era o rating, 2851 pontos, jamais atingido por alguém e onde ele pareceu durante anos pouco ameaçado. Apesar dos muitos outros pontos cruciais atingidos por Kasparov no seu conceito de maior do mundo, esse parecia o pilar fundamental.

Belo trabalho executado pela equipe com o prof. João Braga!

O assunto também foi abordado no excelente PDF 124, onde eu e Clayton Montanha entrevistamos o prof. João Braga. E é um assunto muito, mas muito discutível

Eis que 2012 – ano do fim do mundo? – um jovem que com 13 anos se tornou grande mestre internacional, e hoje com 22, está prestes a atingir esse rating: o norueguês Magnus Carlsen.

Nascido em Tonsberg, com apenas 14 anos de idade, foi chamado pelo The Washington Post, um dos jornais de maior circulação e mais conceituados do mundo, o “Mozart do Xadrez“.

Carlsen, que trocou o futebol pelo xadrez, vence seus adversários de maneira incontestável e avassaladora. Com apenas 19 anos, tornou-se o mais jovem número um do mundo, no ranking da FIDE. Já possui filmes e livros publicados sobre sua curta carreira até aqui.

Hoje, na página da FIDE, ele está há apenas 3 pontos do recorde de Kasparov, mas é praticamente inevitável que ele passe.

Aí, deixo duas questões no ar:

1. Carlsen é melhor que Kasparov?

Em 2004, enfrentaram-se em Raikjavik, Islândia: deu empate!

2. Quais são os parâmetros de comparação entre os enxadristas, que são de gerações completamente distintas, principalmente em relação ao desenvolvimento cognitivo desde o nascimento, levando em conta a questão tecnológica e político-cultural de seus países de origem?

Aos que gostam de estatísticas, contam-se os dias para Magnus Carlsen tornar-se o melhor de todos os tempos. Mas para o meio conhecedor do assunto, a discussão é duradoura, e ainda envolve outros nomes, como o cubano Capablanca.

Melhor de todos os tempos?

Vale a pena pensar no assunto!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

*