O Fino da Bola

Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

O Fino da Bola - Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

Papo do Fino Podcast de Futebol e Esportes Programa 147 Copa do Mundo de 90 na Itália

No ar, o Papo do Fino, úúúlll podcast de Futebol e Esportes do blog O Fino da Bola.

Papo do Fino COPADE90 copy

Nesse programa, Edu Zanardi, Clayton Montanha e Rodrigo Bronquinha relembram de verdade a Copa do Mundo de 90 na Itália.

O fim da Guerra Fria e as mudanças no mundo; o eldorado italiano do futebol mundial (!); as grandes ausências na Copa; a seleção lazarenta do Lazaroni; os pirilampos camaroneses e colombianos; favoritos e zebras; Maradona rei de Napoli e a Alemanha campeã da pior Copa de todos os tempos!

Assuntos relacionados:

.

Twitter: www.twitter.com/ofinodabolanet

Facebook: www.facebook.com/ofinodabola

iTunes: www.itunes.ofinodabola.net

Assine o Feed do Papo do Fino

Se você quiser assinar o feed do Papo do Fino para receber as nossas atualizações e/ou baixar todos os programas anteriores, é só copiar o seguinte endereço no seu agregador de feeds: http://www.feedpapo.ofinodabola.net.

Mande e-mails

Se você quiser mandar um e-mail sobre esse programa ou a respeito de qualquer outra seção deste blog, é só escrever para [email protected].

Baixe este programa

Se você não puder ouvir aí na sua empresa ou quiser ter o programa para escutá-lo quando e onde quiser, é só clicar no link “download”, no player abaixo.

  • Rafael Taira diz:

    Essa copa que começou a a “Era Dunga” que foi de 1990 a 1998 como jogador e de 2006 a 2010 como técnico.

  • Ademar K. Junior diz:

    Algumas considerações:
    .
    A Copa foi ruim; o podcast foi bom; Israel disputar eliminatórias pela Oceânia foi bizarro; eu desconhecia a segunda mão de Deus, mas lembrei da cena em que o Pumpido quebrou a perna; o Goycochea dormia com o Elefante na Itália (pois era largo pra caramba!); e o Brasil não merecia perder aquela partida.

    • Nogueira diz:

      Se o Zenga foi recordista nessa copa por não levar gols, o Goycochea foi o mais largo dos goleiros de todas as copas do mundo, ele era horrível debaixo do gol e medonho nas saídas de cruzamentos, e ainda veio encerrar a carreira no Inter de Porto Alegre.

  • Rafael Saldanha diz:

    Jamais fui tão ultrajado como nesse programa! Como é que vcs ousam me chamr de pós-de-arroz! Comparei o Biro-Biro com o Itaberá pq meu Vasco da Gama não tem jogadores meia-boca como o supracitado. Mas já que ele tem passagem pela seleção brasileira devo colocá-lo no rol de craques como Leomar, Afonso Alves, Fernando Menegazzo e Esquerdinha (do São Caetano)…

    PS: Com Juninho, Fagner, Guiñazu e Montoya? JAMAIS seremos rebaixados… CHUPA, FINO DA BOLA! LoL

    PS2: Um abraço e continuem o bom trabalho!

    • Edu Zanardi diz:

      Hahahahaha, chamamos o cara de pó-de-arroz!!! Mancada. Foi mal hein… Com Juninho e Guiñazu, que tal chamar o Biro para formar a meia cancha do Gigante da Colina??? Valeu pela interatividade, abs!!!

    • Nogueira diz:

      Acho que o Biro Biro está no nível do Guiñazu, na feiura e no futebol

  • Emerson Feltrin diz:

    Realmente essa Copa foi a mais fraca que eu vi e a seleção brasileira deixou a desejar mesmo..
    A minha unica alegria foi ver a Alemanha ganhar da Argentina rsss
    Mais uma vez vcs mandaram bem, a serie O Fino das Copas é muito boa!!!
    Parabens galera

    • Nogueira diz:

      Essa foi dolorida mesmo e concordo com o Edu, um dos mascotes mais ridículos de todos os tempos….

  • Randal Bergamasco diz:

    Galera, faltou vocês falarem sobre a teoria da conspiração da “água batizada” no jogo entre Brasil e Argentina.
    E apesar do mundial ter sido considerado chato, o programa ficou bastante completo. Gostei do farto embasamento geopolítico do início do podcast, enriqueceu muito a discussão. A copa pode ter sido péssima, mas esse programa não. Parabéns!

    • Edu Zanardi diz:

      Realmente esquecemos da água batizada. Vai ver que foi o mé que tomamos antes da gravação, rsssssss. Mesmo com a água o Brasil jogou melhor que a Argentina, mas na contramão do que comentei abaixo, que a tática prevaleceu sobre a técnica, Copa é legal por causa disso… Num lampejo de soberba habilidade Dieguito matou o jogo!

      Teremos que achar um novo contexto histórico, já que a Guerra Fria esfriou, hehehehe. Valeu Randal!

      • Nogueira diz:

        AiAcho que podemos fazer uma substituição: Sai Guerra Fria, entra Imperialismo….

  • Rafael oliveira diz:

    Uma copa que me lembro apenas do jogo Brasil e Argentina, já que eu ainda era muito novo, mas por tudo o que falam realmente me parece ter sido uma copa bem fraquinha mesmo.

    • Edu Zanardi diz:

      Rafael, Copa do Mundo é sempre legal, mas esse de fato foi o campeonato que deu o pontapé da tática prevalecendo sobre a técnica. Não que em outras Copas a tática (vide Alemanha) não tenha vencido a técnica (vide Hungria e Holanda), mas na de 90 todo mundo optou pelo plano tático e a partir daí vencer se tornou mais importante do que jogar bonito – assim profetizou o Lazarento!

  • José Verissimo diz:

    Aquela zebra de Camarões x Argentina teve uma ajuda do árbitro (não digo que foi por causa dele, mas ajudou), o Caniggia apanhou descaradamente, sofrendo alguns dos carrinhos/quase voadoras mais épicas das copas…

    • Edu Zanardi diz:

      Carrinhos e voadoras no Caniggia… Acho válido! hehehehe :)

  • Rafael Taira diz:

    2(as) mano de dios? Esse eu não sabia.
    Nessa copa o Branco tomou agua da Argentina ou a água de Campinas?

    • Edu Zanardi diz:

      Foi nessa Copa que o Branco tomou água da Argentina. A água de Campinas é de boa, o problema é a altura do bebedouro!!!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

*