O Fino da Bola

Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

O Fino da Bola - Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

Seleção do Neymar ou o Neymar da seleção?

Não há duvidas de que o principal jogador da seleção brasileira é o Neymar, o atacante do Barcelona é o camisa 10 da seleção brasileira, referência no time e principal esperança da torcida brasileira. Aos poucos Neymar foi conquistando a torcida e se tornando importante para o time, como vimos durante a Copa das Confederações, onde Neymar foi destaque na maioria dos jogos, marcando gols importantes. Em meio a tudo isso, surge a grande questão, será que já podemos dizer que Neymar é o dono da seleção? Muitos já estiveram nesta posição, Ronaldo sem dúvida foi o ultimo deles, sendo o protagonista da amarelinha brasileira. Outros como Romário, Zico e Pelé também já foram os grandes protagonistas do Brasil. Está chegando o ano da copa do mundo e Neymar tem sido o destaque e se as coisas prosseguirem como estão, a responsabilidade de gols ficara nos pés dele. Parece que Neymar já entendeu que ele tem que ser o cara, e assim foi se preparar para tal desafio, primeiramente indo jogar no Barcelona, o que eu vejo como uma ótima decisão, pois se ele quer ser o melhor, então deve aprender com os melhores. No último amistoso da seleção brasileira, contra Portugal, Neymar chamou a responsabilidade, fez um golaço e saiu de campo ainda mais fortalecido. Já podemos dizer que é a seleção de Neymar, ou ainda esta muito cedo para isso? Por ser ainda jovem, o atacante do Barcelona tem tudo para ficar entre os melhores da história da seleção brasileira, ele já tem uma medalha de prata olímpica e uma copa das confederações no currículo.  Vivemos um tempo de troca de gerações, onde dificilmente teremos nomes como Ronaldinho e Kaká como protagonistas da seleção, desta forma Neymar deve sim chamar a responsabilidade e assumir o papel de protagonista do Brasil.

Categoria: Post

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

*