O Fino da Bola

Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

O Fino da Bola - Blog de Futebol e Podcast de Futebol e outros Esportes

PSG vence com gols brasileiros e Real passeia

De carona com o Ruoco – @AndreRuoco

Nesta terça-feira (17) a Uefa Champions League teve o seu pontapé inicial com oito partidas e trinta gols marcados. O maior destaque foi a goleada histórica sobre o Galatasaray, fora de casa. Além da vitória elástica do PSG, em Atenas, contra o Olympiakos.

cristianoronaldo_isco_benzema_reu

Continue lendo

Papo do Fino Podcast de Futebol e Esportes Programa 149 As Maiores Rivalidades do Esporte

No ar, o Papo do Fino, úúúlll podcast de Futebol e Esportes do blog O Fino da Bola.

Papo do Fino RIVALIDADES copy

Nesse programa, Edu Zanardi e Clayton Montanha listam As Maiores Rivalidades do Esporte.

As rivalidades mais ferrenhas dos esportes, do surf ao críquete; a primeira e única luta do século; a briga entre franceses e ingleses no Canadá; no rugby, no maori no tour; a maior rivalidade dos esportes americanos; os grandes clássicos do futebol mundial e suas questões sociais, políticas, raciais e econômicas; e qual é a maior rivalidade do futebol brasileiro Guarani x Ponte Preta ou Moto Clube x Sampaio Corrêa???

Assuntos relacionados:

.

Twitter: www.twitter.com/ofinodabolanet

Facebook: www.facebook.com/ofinodabola

iTunes: www.itunes.ofinodabola.net

Aplicativo: app.ofinodabola.net

Assine o Feed do Papo do Fino

Se você quiser assinar o feed do Papo do Fino para receber as nossas atualizações e/ou baixar todos os programas anteriores, é só copiar o seguinte endereço no seu agregador de feeds: http://www.feedpapo.ofinodabola.net.

Mande e-mails 

Se você quiser mandar um e-mail sobre esse programa ou a respeito de qualquer outra seção deste blog, é só escrever para [email protected].

Baixe este programa 

Se você não puder ouvir aí na sua empresa ou quiser ter o programa para escutá-lo quando e onde quiser, é só clicar no link “download”, no player abaixo.

REPOST: Papo do Fino PodCast de Futebol e Esportes Programa 84 Os Contos das Arquibancadas

Nesse programa relatamos os nossos Contos das Arquibancadas! A via-crúcis para assistir um jogo, apanhe da sua própria torcida, como se portar na torcida adversária e saiba como comemorar um título no meio dos rivais, nunca compre ingresso antecipado no Camp Nou e surpreenda a outra torcida com roupas de baixo!

Termina primeira ronda das eliminatórias europeias

Alguns grupos equilibrados e grupos óbvios marcam essas eliminatórias. Não sei se aparecerão surpresas, mas nestas rodadas iniciais, apesar de alguns grandes suarem com times fraquíssimos, poucas foram as surpresas.

O grupo A é um desses de grande equilíbrio. E Sérvia, Bélgica e Croácia estão com 4 pontos e devem disputar as duas vagas. Escócia (2) e Macedônia (1) podem ser os Continue lendo

Papo do Fino PodCast de Futebol e Esportes Programa 84 Os Contos das Arquibancadas

No ar, o Papo do Fino, ulll PodCast de Futebol e Esportes do blog O Fino da Bola.

Nesse programa, Edu Zanardi, Fabio ALmeida, Montanha e Rodrigo Bronquinha relatam os seus Contos das Arquibancadas!

A via-crúcis que é para assistir um jogo; compre ingresso na Arena e assista na Baixada; apanhe da sua própria torcida; como se portar na torcida adversária; saiba como Continue lendo

As 20 maiores torcidas da Europa

  1. FC Barcelona: 57,8 (de 2005 a 2009 aumentou 13,6 milhões)
  2. Real Madrid CF: 31,3 (no mesmo período diminuiu 10 milhões)
  3. Manchester United FC: 30,6
  4. Chelsea FC: 21,4
  5. FC Bayern München: 20,7
  6. Arsenal FC: 20,3
  7. AC Milan: 18,4
  8. FC Internazionale: 17,5
  9. Liverpool FC: 16,4
  10. Juventus FC: 13,1
  11. FC Zenit St. Petesburg: 12,6
  12. CSKA Moscow: 10,5
  13. FC Spartak Moscow: 9
  14. Olympique Marseille: 7,8
  15. AFC Ajax: 7,1
  16. Galatasaray SK: 6,8
  17. Olympique Lyon: 6,6
  18. Fenerbahce SK: 6,1
  19. AS Roma: 6
  20. FC Dynamo Kyiv: 5,3

Número Continue lendo

Nossos jovens estão preparados?

A pergunta do título deste post talvez tenha uma resposta óbvia, mas antes de dá-la, uma reflexão.

Nos últimos dias estamos às voltas com o caso do zagueiro Breno na Alemanha, o jogador do Bayer Munich está sendo acusado de incendiar a própria casa.

Revelado nas  categorias de base do São Paulo, de cara foi campeão Brasileiro e considerado o melhor zagueiro da competição, com apenas 18 anos foi para a Europa pela bagatela de 12 milhões de euros.

De lá pra cá, não conseguiu regularidade suficiente para manter-se titular no clube alemão, e ainda sofreu com seguidas lesões, além de apresentar dificuldade com o idioma e os costumes locais.

Tudo isso o fez ter problemas particulares, brigas com a mulher, depressão e falta de dinheiro, já que seu contrato prevê uma remuneração menor em caso de impossibilidade de exercer o futebol.

Uma situação bem difícil pra qualquer pessoa, ainda mais para um jovem, longe de suas raízes e sem uma base sólida na carreira recente no esporte.

Se colocarmos na balança, até que ponto essa transferência, precoce e milionária, foi válida para o jogador?

Breno, zagueiro revelado no São Paulo, vive situação difícil na Alemanha. (foto: Gaspar Nóbrega / ItsPress)

Todos os anos surgem jovens que se destacam no futebol brasileiro, com o destaque vem o assédio estrangeiro, principalmente europeu, quando saber a melhor hora de tirar o passaporte?

O caso Breno é só mais um, dentre tantos jogadores que não conseguem se firmar longe do Brasil, alguns voltam, outros somem em clubes menores. 

Difícil saber uma fórmula, afinal, cada um reage de uma maneira aos contratempos que haverão no caminho. Educação  e base familiar são fundamentais, ter um objetivo pra carreira também se faz necessário. O que sinto, é que o cara quer virar jogador profissional, jogar por um grande clube, chegar à seleção, mas quando isso acontece, não sabe pra onde ir.

Penso que essas transferências precoces devam ser retardadas ao máximo, os clubes brasileiros devem usufruir de suas jovens promessas, oferecer boas condições de trabalho e dar-lhes uma base profissional e psicológica para um futuro maduro noutro país ou mesmo para uma carreira longinqua em terras tupiniquins.

Respondendo à  pergunta título, nossos jovens, em sua maioria, não estão preparados, mas vejo uma certa evolução nos últimos anos.

Quanto ao zagueiro Breno,  torço para que as acusações sejam infundadas e ele retome sua carreira, mas não dá pra duvidar que num ato de desespero ele tenha feito tamanha besteira. 

Papo do Fino – PodCast Esportes – Programa 62a

No ar, o Papo do Fino, Ú PodCast de Esportes do blog O Fino da Bola.

Nesse programa, Edu Zanardi, Montanha, Rodrigo Bronquinha e Paulinho Motoca batem um papo sobre a Temporada Européia 2011/2012.

No 1º programa sobre os campeonatos europeus o destaque é para Bundesliga e a Liga das Estrelas. Curiosidades, títulos, elencos, novidades e os pitacos do campeonato alemão, espanhol e até da Moldávia!

E semana que vem, no 2º programa, a caravana d’O Fino vai da Inglaterra até a Rússia! 

Assuntos relacionados:

 

Twitter: www.twitter.com/ofinodabolanet

Assine o Feed do Papo do Fino

Se você quiser assinar o feed do Papo do Fino para receber as nossas atualizações e/ou baixar todos os programas anteriores, é só copiar o seguinte endereço no seu agregador de feeds: http://feeds.feedburner.com/papodofinopodcast.

Mande e-mails

Se você quiser mandar um e-mail sobre esse programa ou a respeito de qualquer outra seção deste blog, é só escrever para [email protected].

Baixe este programa

Se você não puder ouvir aí na sua empresa ou quiser ter o programa para escutá-lo quando e onde quiser, é só clicar no link “download”, no player abaixo.

Sorteados grupos das eliminatórias da Copa 2014 – América e Europa.

Na América do Sul, 9 seleções, todos contra todos. 4 vagas: Argentina, Uruguai e Paraguai estão 90% dentro. Creio que o Chile fique com a quarta vaga e a Venezuela vá à repescagem.

Na Concacaf (veja aqui), existe a primeira fase de grupos, onde alguns times podem se destacar, mas apenas os vencedores passam.

A – El Salvador
B – Trindad e Tobago
C – Panamá
D – Canadá, mas Porto Rico pode surpreender
E – Guatemala
F – Haiti

Na segunda fase, esses vencedores se juntam a mais seis equipes em três grupos. Os dois primeiros de cada passam. Nos meus palpites, considero os times acima dentro do grupo.

A – EUA, de Jurgen Klinsmann e Guatemala.

B – México e El Salvador, com Costa Rica sobrando.

C – Cuba e Panamá, com Honduras sobrando.

Desses seis, para mim, EUA, México e Panamá vão à Copa, e Cuba vai à repescagem.

Agora, na Europa que o sorteio foi legal. Alguns grupos bons, outros medonhos.
.
O grupo A, com Croácia, Sérvia, Bélgica, Escócia, Macedônia e País de Gales vai ser um grupo equilibrado, mas creio que no final, a Croácia leve a vaga. A segunda colocação deve ficar com a Sérvia, mas não desprezo nenhum dos outros concorrentes, pois o momento da Sérvia não é esplendoroso.
.
O grupo B, grupo da morte, com Itália, Dinamarca, República Tcheca, Bulgária, Armênia e Malta deve provocar calafrio nos tiffosi. Vou pintar a zebra: Dinamarca coma  vaga, e a República Tcheca na segunda colocação, sacramentando o péssimo momento do futebol italiano.
.
O grupo C, Alemanha, Suécia, Irlanda, Áustria, Ilhas Faroe e Cazaquistão ficou tranquilo para a Alemanha, até porque, quando o assunto é Copa, não tem para a Alemanha nas eliminatórias. Acho que a Irlanda belisca a segunda colocação.
.
O grupo D, como é de hábito, a Holanda não deve ter trabalho. Turquia, Hungria e Romênia duelam pela segunda vaga, onde aposto no ressurgimento húngaro. Estônia e Andorra fecham o grupo, e podem ser o fiel da balança na briga pela segunda vaga.
.
O grupo E é certamente o mais fraco da eliminatória europeia, mas podem apostar: será o mais equilibrado. Noruega, Eslovênia, Suíça, Albânia, Chipre e Islândia são de níveis quase similares, mas não apostaria dinheiro na eliminação de nenhum deles, nem da própria Islândia, do último pote. Vou de Eslovênia na vaga direta, e Suiça na segunda colocação.
.
O grupo F trouxe sorte a Portugal, mas na minha opinião, fica com a segunda colocação: Rússia, Israel, Irlanda do Norte, Azerbaijão e Luxemburgo. E acho ainda que Israel pode aprontar com a fraquíssima seleção portuguesa.
.
O grupo G, outro nivelado por baixo, com Grécia, Eslováquia, Bósnia Hezergovina, Lituânia, Letônia e Liechtenstein. Mas cravaria Bósnia em primeiro e Eslováquia no segundo lugar.
.
O grupo H para mim é o segundo grupo da morte: Inglaterra, Montenegro, Ucrânia, Polônia, Moldávia e San Marino. E San Marino deve tomar 8 no jogo que tomar menos gols… A Inglaterra terá que jogar muito, e a camisa pode pesar. Mas vou apostar sem camisa, pelo time, e triste por deixar minha querida Moldávia de fora: Montenegro na primeira vaga e Ucrânia no segundo lugar.
.
Fechando, o grupo I, com um time a menos, portanto, um empate tem um peso percentual enorme na luta pela segunda vaga, acho que a Espanha ainda sobra em futebol, e só não fecha com 100% se quiser ajudar a França, como a arbitragem fez na última Copa. Azar da França, que bola não tem nem para enfrentar a Geórgia, que para mim, fica com a segunda vaga. E para mim, até Bielorrússia e Finlândia tomam pontos dos bleus.
.
Assim, iriam à Copa: Croácia, Dinamarca, Alemanha, Holanda, Eslovênia, Rússia, Bósnia, Montenegro e Espanha. Das outras vagas, eu vou classificar meus quatro: Eslováquia, Suiça, República Tcheca e Sérvia. Como não tem mais bobo no futebol (ah, vá!), Itália, Portugal, França e Inglaterra fora!

Sorteados grupos das eliminatórias da Copa 2014 – África, Ásia e Oceania

O sorteio africano (confira aqui) não trouxe muitas dificuldades ou surpresas. A questão é que apenas um classificado de cada grupo.

Meus palpites para os grupos:

A – África do Sul, mas deve se cuidar…
B – Cabo Verde surpreende a Tunísia.
C – Costa do Marfim, mas deve se cuidar com Marrocos.
D – Zâmbia.
E – Burkina Fasso.
F – Nigéria.
G – Guiné.
H – Mali, mas Argélia e Benin merecem respeito.
I – Camarões fácil, com 100%.
J – Senegal.
Só acho que já deveriam encaixar o Sudão do Sul.
Depois disso, cinco mata-matas entre esses qualificados definem os times que vão a Copa.
Já na Ásia (confira aqui), os grupos C e D são bastante fortes e relativamente imprevisíveis. Dois de cada passam a última fase, onde em dois grupos de 5, os dois primeiros de cada grupo passam.
Aqui meus palpites:
A – China e Jordânia, Iraque roda…
B – Coreia do Sul e Kuwait; Emirados sobra.
C – Japão e Uzbequistão suam com Síria e Coreia do Norte, mas leval.
D – Austrália e Omã, com Arábia Saudita, mesmo com os petrodólares, ficando fora de mais uma Copa.
E – Irã e Catar passeiam.
Na Oceania, creio que não resta nada além de esperar para ver quem a Nova Zelândia pegará na repescagem. Não imagino que Fiji, Vanuatu ou Nova Caledônia possam surpreender.
.
Asterisco: Quem é Felipe Bastos para fazer sorteio de grupo da Copa? Não importa se é da Oceania, mas ele dividiu palco com Zagallo. Alguém me explica?